O Escafandro e A Borboleta é a história real de Jean-Dominique Bauby (Mathieu Amalric), um quarentão editor da versão francesa da revista de moda Elle, que tem uma vida agitada e cheia de glamour. Durante um passeio de carro com seu filho, ele sofre um derrame cerebral e acorda três semanas depois, no hospital, com a Síndrome do Encarceramento. Essa condição paralisa seu corpo inteiramente da cabeça aos pés, com exceção do olho esquerdo e o força a comunicar-se via Partner-assisted scanning (seleção de cada letra do alfabeto através de piscadelas), fazendo seu estilo de vida mudar radicalmente. É dessa forma que Bauby acaba por escrever um livro de suas memórias, o qual torna-se best-seller na Europa. É um filme melancólico, tocante, e que busca exercitar nossa empatia desde o primeiro momento – especialmente pelo espectador assumir o ponto de vista de Bauby em boa parte do tempo. As comoventes atuações do elenco e a bela fotografia são peças-chave para fazer desta película uma obra de arte atordoante.


Diretor:
Julian Schnabel
Título original: Le Scaphandre et le Papillon

 

Assista ao trailer:

O Escafandro e a Borboleta (2007)
Compartilhe:

Comentários

comentários