Daniel (Dave Johns) é um solitário e humilde trabalhador da periferia inglesa que sofre um ataque cardíaco que o condena ao repouso. Sem renda, ele solicita auxílio ao estado e se vê preso em uma cruel espiral burocrática, envolto por formulários inúteis, entrevistas humilhantes, muita espera e muita falta de empatia. Entre as idas e vindas dos órgãos públicos, Daniel acaba conhecendo Katie (Hayley Squires), mãe solteira de dois filhos, desempregada e sem moradia. Eles desenvolvem uma bela e fraterna relação, e passam a apoiar um ao outro em seus dramas relacionados à ineficiência do estado. Será praticamente impossível você não se identificar com Daniel, seja pela interpretação magistral e tocante do protagonista ou pela sensação familiar que você irá sentir com a burocracia fria e desumana dos órgãos públicos retratada. Vencedor da Palma de Ouro de 2016 em Cannes, a obra é um retrato cru, desesperador e brilhante do Reino Unido atual em tempos de austeridade.


Diretor:
Ken Loach
Título original: I, Daniel Blake

 

Assista ao trailer:

Eu, Daniel Blake (2016)

Comentários

comentários